Data da Publicação: 12/05/2020 10:00:00

Vereadores requerem informações sobre casas populares e gastos com o Covid-19

Os requerimentos foram aprovados por unanimidade na 08ª Sessão Ordinária de 2020

A Câmara Municipal aprovou por unânimidadade, na 08ª Sessão Ordinária, dois requerimentos solicitando informações junto à Prefeitura. O primeiro visa saber sobre as casas populares e o segundo pede a prestação de contas dos gastos no combate ao Novo Coronavírus.

De autoria do vereador Antônio Ricardo Alves (PSDB), o requerimento nº 003/2020 solicita informações sobre o Conjunto Habitacional Gargatá. O objetivo é de verificar se há casas desocupadas e se há alguma invasão no local. “De uns 10 dias para cá, eu tenho sido muito procurado por pessoas que estão na fila por uma casa e quer saber se a casa daqueles que, eventualmente, desistiram passará para o próximo. Então está uma lacuna [de informações]”, comentou o tucano.

O vereador Márcio Daniel Igídio (SD) afirmou que “existem casas abandonadas” e “que a responsável pela ação social não sabe quem era a moradora abandonou”. Segundo ele, alguns moradores não “deram conta de pagar as prestações e deixaram a casa”. Com isso, algumas pessoas cogitaram em invadir as ocupações vagas, mas foram orientadas por ele para não fazerem isso. “Existe muita desorganização a respeito dessas casas populares”, cravou.

Já o requerimento nº 004/2020, de autoria do vereador Rafael Silva (PSC), pede a prestação de contas dos gastos com o combate ao Novo Coronavírus (Covid-19) e também sobre o uso dos R$150 mil devolvidos antecipadamente pela Câmara Municipal. “É um pedido bem simples, uma planilha de gastos do município. Esses dados ainda não nos foram passados”, explicou o legislador.