Data da Publicação: 20/05/2019 10:00:00

Jovens enchem o plenário da Câmara no I Fórum da Juventude

Iniciativa busca dar mais voz aos jovens de Ouro Fino para entender suas necessidades

O I Fórum da Juventude conseguiu encher o plenário da Câmara Municipal, na manhã desta segunda-feira (20), com o objetivo de dar mais voz aos jovens de nossa cidade. Os presentes escolheram a temática trabalho para apresentar demandas e buscar soluções. O evento foi uma iniciativa da Comissão Permanente de Defesa da Juventude, da Criança e do Adolescente em parceria com a Escola do Legislativo.

O Fórum contou com a presença dos membros Comissão Permanente de Defesa da Juventude Antônio Carlos Franceli (PR) e Antônio Ricardo Alves. O evento foi coordenado pelos ex-alunos do Projeto Parlamento Jovem Daniela Babeti e Gabriel Vilela que contaram sobre sua experiência no projeto e também da necessidade do protagonismo do jovem nas questões políticas.

A escolha do tema se deve à grande dificuldade do jovem se inserir no mercado de trabalho. Muitos comentaram que os empregadores exigem experiência profissional e, assim, não dão oportunidade para se iniciar uma carreira. “Vimos que há um clamor dos jovens por emprego. Eles estão preocupados, mas também entenderam que se não buscarem a capacitação, eles podem perder as poucas chances de conseguir o emprego”, comentou o vereador Antônio Carlos Franceli (PR), presidente da Comissão Permanente de Defesa da Juventude, da Criança e do Adolescente.

A capacitação foi debatido e visto como um dos pontos primordiais para a obtenção do emprego. Os participantes sugeriram a criação de parcerias com a Associação Comercial e o Senar para enriquecer o currículo dos jovens.

A grande adesão e os debates resultou em um saldo positivo para o evento. “O objetivo foi esse trazer as demandas para buscarmos maneiras de ajudar o jovem. Eles sugeriram propostas para solucionar o problema. O jovem está em busca de melhores condições e vimos isso nesse fórum. Eles querem ter mais voz, querem estar presentes na vida pública.”, contou Franceli.

O coordenador Gabriel Vilela também ficou satisfeito com o evento que cria uma ponte entre o jovem e o poder público. “O fórum foi muito positivo. Primeiro porque nunca ocorreu em âmbito municipal um encontro desse tipo. Os jovens são, muitas vezes, ignorados e suas demandas são deixadas de lado. Hoje, a juventude trouxe as demandas e também agregaram com experiência e possíveis soluções", elucidou.

O próximo Fórum da Juventude ocorrerá em Agosto e tratará sobre o tema Cultura.

 

LINK: DOCUMENTO FINAL DO FÓRUM DA JUVENTUDE

Clique aqui para abrir a galeria de fotos